Ir para o conteúdo

Concurso de Recrutamento e Seleção

O Centro Juvenil de São José (Guimarães) encontra-se em processo de recrutamento de pessoal, para o preenchimento de 4 postos de trabalho nas respostas sociais de Lar de Infância e Juventude (/Casa de Acolhimento) e Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP).

 

Caracterização dos postos de trabalho:

 

Lar de Infância e Juventude (/Casa de Acolhimento)

Ref. AA – Diretor Técnico (M/F)

– Licenciatura em Psicologia (fator eliminatório);

– Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (fator eliminatório);

– Idade mínima de 30 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 4 anos, no trabalho com jovens em situação de risco – Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Capacidade de liderança e gestão de equipas;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Interdisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Conhecimentos sólidos sobre Processos-Chave dos Manuais de Qualidade da Segurança Social;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Carta de condução e viatura própria (fator eliminatório);

– Flexibilidade horária e disponibilidade imediata.

 

Ref. BB – Técnico Superior de Serviço Social (M/F):

– Licenciatura em Serviço Social (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 3 anos, no trabalho com jovens em situação de risco – Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Interdisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Conhecimentos sólidos sobre Processos-Chave dos Manuais de Qualidade da Segurança Social;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Carta de condução e viatura própria;

– Flexibilidade horária (turnos rotativos) e disponibilidade imediata.

 

 Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental

Ref. CC – Mediador Familiar (M/F)

– Formação superior na área das ciências sociais e humanas, preferencialmente em Psicologia (fator eliminatório);

– Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (fator eliminatório);

– Curso de Mediação Familiar, reconhecido pelo Ministério da Justiça (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 3 anos, no trabalho com famílias em situação de risco psicossocial, conflito parental, separação conjugal, regulação das responsabilidades parentais, proteção de crianças e jovens, formação parental, mediação e resolução de conflitos familiares (fator eliminatório);

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Interdisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Sentido de responsabilidade;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Carta de condução e viatura própria;

– Flexibilidade horária (turnos rotativos) e disponibilidade imediata.

 

Ref. DD – Educador Social (M/F)

– Licenciatura em Educação Social (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 3 anos, no trabalho com famílias em situação de risco psicossocial, capacitação e formação familiar, proteção de crianças e jovens, formação parental, elaboração e dinamização de projetos ou programas estruturados (fator eliminatório);

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Interdisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Sentido de responsabilidade;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Carta de condução e viatura própria;

– Flexibilidade horária (turnos rotativos) e disponibilidade imediata.

 

Processo de recrutamento e seleção:

1º) Análise curricular

2º) Entrevista presencial

 

Observações:

Os interessados deverão remeter candidatura anexando CV e certificados de habilitações, até ao próximo dia 14 de Novembro de 2018, via e-mail para recrutamento.cjsj@gmail.com, com a indicação expressa, no assunto de e-mail, da referência a que concorre (ex.: Referência AA), não sendo consideradas as candidaturas sem esta indicação.

Centro Juvenil de São José celebrou acordos de cooperação com o Instituto de Segurança Social

O Centro Juvenil de São José e o Instituto de Segurança Social celebraram no passado dia 31 de Outubro, acordos de cooperação para a resposta social de Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP).

Esta nova valência dará resposta a 80 famílias com crianças e jovens em risco psicossocial do concelho de Guimarães, com o objetivo de melhorar a qualidade das relações familiares, atenuando os fatores de risco e perigo, através da promoção de uma parentalidade positiva.

O CAFAP conduz uma intervenção psicossocial de primeira linha que se distingue, pela sua especialização e abordagem centrada na família, da intervenção conduzida por outras estruturas de apoio social no âmbito da infância e juventude.

A intervenção do CAFAP do Centro Juvenil de São José será feita nas três modalidades previstas para esta resposta social: Preservação familiar, Reunificação familiar e Ponto de encontro familiar.

Esta nova valência do Centro Juvenil de São José é o culminar de muito esforço, empenho e dedicação e vem dar resposta a uma das prioridades enunciadas pela Rede Social do Município de Guimarães, a de prestar um serviço de apoio especializado às famílias com crianças e jovens vocacionado para a prevenção e reparação de situações de risco psicossocial mediante o desenvolvimento de competências parentais pessoais e sociais das famílias, que desenvolva ações regulares e sustentadas, que promovam a parentalidade positiva e apoiem os desempenhos das famílias.

O Centro Juvenil de São José é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que desenvolve a sua actividade na área social comunitária com o objectivo primordial de dar resposta às necessidades da população do concelho de Guimarães. Originária das antigas Oficinas de S. José, fundadas no vetusto Convento das Capuchinhas, desde 1915 que se dedica ao acolhimento e inserção social de crianças e jovens sem o apoio familiar essencial ou em risco de exclusão social, com a missão de intervir para reintegrar, centrando-se nas necessidades da criança/jovem, principal razão de existência desta Instituição.

No conjunto das suas valências, é atualmente detentor de três respostas sociais: uma Creche (Pólo de Felgueiras), uma Casa de Acolhimento e um Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental. Paralelamente, desenvolve igualmente duas atividades económicas, de modo a devolver algum equilíbrio/ sustentabilidade financeira à IPSS: uma Tipografia e um Hostel (Alojamento Local).

Nota de falecimento

O Centro Juvenil de S. José endereça as mais sentidas condolências à família e amigos de Manuel Gomes Soares de Oliveira (presidente desta instituição entre 1976 e 1980) e Gil Mesquita (presidente desta instituição entre 1997 e 1999).

Será realizada uma missa de sufrágio aos ex-presidentes, na Capela do Centro Juvenil, no próximo dia 29 de setembro, às 19 horas.

Desde já agradecemos a sua presença.

Sociedade Musical de Pevidém entrega receita de Concerto Solidário ao Centro Juvenil de São José

A Sociedade Musical de Pevidém entregou, no dia de ontem, a receita angariada na 11ª edição do Concerto Dia de Portugal ao Centro Juvenil de São José, como forma de apoiar todas as crianças e jovens em acolhimento residencial.

A iniciativa solidária teve lugar no passado dia 10 de Junho, no Auditório da Universidade do Minho.

Este concerto serviu também para homenagear a Casa, de onde surgiram vários músicos e maestros que fizeram parte da Banda Musical de Pevidém.

Nada do que dissermos hoje, substituirá o que vivemos e sentimos no dia de ontem!

A recuperar daquele que foi um turbilhão de muitas emoções.
Regressamos a Casa, mas ainda com a sensação de estarmos rodeados de todo o afeto com que fomos recebidos.
Não poderíamos estar mais felizes, não só pela paixão pela música, mas também, pela junção da solidariedade a um público muito especial.
Queremos deixar um agradecimento muito especial a todos os Diretores, aos Músicos da Banda Musical de Pevidém, ao Solista Vítor Faria, aos membros do Coro da Academia de Música Comendador Albano Abreu Coelho Lima e aos Nossos Rufos São José, pela execução artística e humana exemplares.
Não poderíamos nunca deixar de enaltecer o talento, afinco, simpatia e humildade com que o Diretor Artístico da Sociedade Musical de Pevidém nos presenteia, e a todos os que o rodeiam. Professor Vasco Silva de Faria, o nosso muito obrigado!

Faltam-nos as palavras,
Nada do que dissermos hoje, substituirá o que vivemos e sentimos no dia de ontem!

Foi muito bonito.

Muito obrigado/a a todos/as!

Concerto Solidário em Guimarães no dia de Portugal

A Sociedade Musical de Pevidém promove no próximo dia 10 de Junho, a 11ª edição do Concerto Dia de Portugal, a partir das 17:00 horas, no Auditório da Universidade do Minho.

Este concerto terá um cariz solidário, a reverter a favor do Centro Juvenil de São José, como forma de apoiar todas as crianças e jovens em acolhimento residencial, bem como, homenagear a Casa, de onde surgiram vários músicos e maestros que fizeram parte da Banda Musical de Pevidém.

Para além da prestigiada Banda Musical de Pevidém e do solista Vítor Faria (trombone), o concerto contará ainda com a atuação do Coro da Academia de Música Comendador Albano Abreu Coelho Lima e uma participação especial do Projeto Rufos S. José.

A Direção Artística e Musical será do Maestro Vasco Silva de Faria.

 

Bilhetes à venda nos seguintes locais:

– Sede da Sociedade Musical de Pevidém

– Academia de Música Comendador Albano Abreu Coelho Lima

– Auditório da Universidade do Minho (no próprio dia)

Bilhete solidário: 5,00 euros

Cartaz Dia de Portugal 2018

Centro Juvenil de São José e Associação de Psicologia da Universidade do Minho celebram Protocolo de Cooperação

A 7 de Maio de 2018, o Centro Juvenil de São José e a Associação de Psicologia da Universidade do Minho (APsi) celebraram um Protocolo de Cooperação, no âmbito da prestação de serviços de saúde aos beneficiários da Casa de Acolhimento do Centro Juvenil de São José.

O Protocolo de Cooperação permitirá aos beneficiários, recorrer a um serviço de psicologia especializado, coordenado pelo Sr. Professor Doutor Rui Abrunhosa, ao nível da Consulta Psicológica Individual e Consulta Psicológica de Grupo.

 

 

APsi Guimarães

Morada: Antiga Estação da CP – Av. D. João IV. 4810-534 Guimarães

Telefone: 253 421 215

e-mail: apsi@psi.uminho.pt

Três mil flores distribuídas em Guimarães para assinalar Dia da Mãe

Foram 3.000 flores distribuídas, naquela que foi uma Homenagem às Mães Vimaranenses.

A iniciativa foi levada a cabo pela Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH), tendo contado com a colaboração dos Jovens da Casa de Acolhimento do Centro Juvenil São José que, orgulhosamente, aceitou este convite.

Pela voz de um dos elementos da AVH, deixamos a seguinte mensagem:

“N., J., M., C., R. e P., … Obrigado pela vossa alegria! O Centro Juvenil de São José em Grande no Dia da Mãe”.

Link da notícia

Centro Juvenil de São José e Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Guimarães celebram Protocolo de Cooperação

A 1 de Março de 2018, o Centro Juvenil de São José e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Guimarães celebraram um Protocolo de Cooperação, no âmbito do Programa de Intervenção Familiar e Parental – PIFP2.0 promovido pelo Centro Juvenil.

A iniciativa insere-se no âmbito do Projeto Sócio-Educativo da Casa de Acolhimento (/Lar de Infância e Juventude) do Centro Juvenil de São José e será orientada pela sua Equipa Técnica.

O Protocolo de Cooperação têm como objetivos, a promoção de uma parentalidade positiva, incitar os Cuidadores/Famílias para práticas educativas protetoras e uma visão mais adequada para práticas parentais assertivas.

Depois de ter decorrido uma primeira sessão no dia 17 de Março, a próxima sessão está agendada para o próximo sábado, 14 de Abril, pelas 10:30 horas, no Salão Nobre do Centro Juvenil de São José.

 

Para mais informações, contacte-nos.

Centro Juvenil de São José: 253 416 316 | lij201@cjsj.pt

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Guimarães: 300 400 411

Centro Juvenil de São José celebra 103 anos de História(s) com Homenagem ao seu Padroeiro

O Centro Juvenil de São José celebrou, no dia 25 de Março, a habitual homenagem a São José e a comemoração do seu 103º aniversário.

A ocasião foi celebrada com um programa festivo que teve início às 11:00 horas, com uma Assembleia Geral da Associação dos Antigos Alunos das Oficinas de S. José. Uma hora depois realizou-se uma missa em honra de S. José, na Capela da instituição, celebrada pelo Senhor Pe. Agostinho Saldanha e abrilhantada pelo Orfeão de Guimarães. Seguiu-se uma homenagem ao Fundador da instituição, junto ao seu túmulo.

O programa terminou com um almoço de confraternização.

Neste dia especial, foram muitos os Antigos Alunos e Famílias que nos acompanharam e que muito orgulham a Casa que os viu e vê crescer.

Segue-se uma fotorreportagem do evento.