Ir para o conteúdo

Centro Juvenil de S. José com projeto aprovado pela Portugal Inovação Social

Família em Foco

Family First – Home Sessions” é o nome de uma Iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES) que está a ser desenvolvida pelo Centro Juvenil de S. José.

O projeto foi candidatado à iniciativa Portugal Inovação Social no âmbito do Instrumento de Financiamento Parcerias para o Impacto, tendo sido aprovado. A Portugal Inovação Social visa promover o empreendedorismo e a inovação social em Portugal, como forma de gerar novas soluções, numa lógica complementar às respostas tradicionais, para a resolução de importantes problemas societários. No âmbito da sua lógica de estimulação do mercado de investimento social, o instrumento de financiamento parcerias para o impacto, financia 70% das necessidades de orçamento do projeto, prevendo um investimento dos restantes 30% por parte de um ou vários investidores sociais, sendo que no caso do projeto Family First o investidor foi o BPI/Fundação La Caixa.

No essencial, o projeto propõe a criação de um espaço encenado, onde as famílias serão convidadas a representar várias situações-problema do quotidiano do sistema familiar: uma espécie de Mini Kidzania para a educação parental.

Neste espaço simulado, concebido à semelhança de uma habitação, serão realizadas muitas atividades, onde pais e crianças/jovens realizarão as atividades per si, com vista à apropriação de estratégias que visem o desenvolvimento de competências parentais, a promoção de uma parentalidade positiva e a autonomia das famílias.

O projeto, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE) tem uma duração de 36 meses, integrando a requalificação de um espaço do Centro Juvenil de S. José, adaptado para uma habitação que desenvolverá ações de educação parental a cerca de 200 beneficiários.

 

contador gratuito

Concurso de Recrutamento e Seleção

O Centro Juvenil de S. José (Guimarães) encontra-se em processo de recrutamento de Técnico Superior, para projeto financiado no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE).

 

Requisitos de Admissão (fatores eliminatórios):

– Licenciatura ou Mestrado em Educação Social;

– Experiência de trabalho (mínimo de 3 anos) com famílias multidesafiadas com crianças e jovens;

– Experiência em planeamento, implementação e avaliação de programas de capacitação e formação familiar (mínimo de 3 anos);

– Certificado de Competências Pedagógicas;

– Carta de condução e viatura própria;

– Disponibilidade a partir de 1 de junho de 2020.

 

Requisitos Preferenciais:

– Idade mínima de 28 anos (M/F);

– Residência na zona de Guimarães;

– Experiência em Gestão de Processos Individuais/Familiares;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Interdisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Sentido de responsabilidade;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor (LPCJP, LTE, RGPTC);

– Flexibilidade horária (incluindo fins-de-semana).

 

Oferece-se:

– Contrato de Trabalho a Termo Resolutivo Certo (até 31/12/2022);

– Remuneração de acordo com o previsto em sede de candidatura (PO ISE);

– Horário completo de 35 horas semanais;

– Benefícios Sociais;

– Todos os direitos inerentes ao tempo de serviço prestado.

 

Processo de recrutamento e seleção:

1º) Análise curricular

2º) Entrevista presencial

 

Observações:

– Os interessados deverão remeter candidatura anexando CV e certificados de habilitações, até ao próximo dia 26 de maio de 2020, via e-mail para recrutamento.cjsj@gmail.com, com o seguinte assunto: “Ref. ES”, não sendo consideradas as candidaturas sem esta indicação.

– De acordo com o RGPD – Regulamento Geral de Proteção de Dados, os dados recolhidos serão tratados exclusivamente para efeitos do processamento da candidatura.

Consignação do IRS

Amigos/as do Centro Juvenil de São José,

Sem custos para o contribuinte, o Estado permite que 0,5% do imposto liquidado reverta a favor das Organizações de Apoio Social e Humanitário Sem Fins Lucrativos.
Deste modo, o Centro Juvenil de S. José vem por este meio solicitar o seu envolvimento junto dos seus familiares e amigos nesta causa solidária.

Onde?
Basta que preencha na declaração de rosto, conforme a imagem que se segue

irs

Quando?
No momento do preenchimento anual da Declaração de IRS.

Porquê?
Porque a Lei 16/2001 (artigo 32 nº. 4 e 6) regulamenta estes atos de solidariedade através da consignação do imposto já liquidado pelo cidadão contribuinte.

Incorro em algum custo?
Nenhum. Não paga mais imposto por fazer esta opção de destinar 0,5% do seu IRS ao CJSJ.

Quem?
A contribuição através da Declaração de Rendimentos é um ato de Responsabilidade Social que visa apoiar todas as pessoas mais desfavorecidas na sociedade. Seja Solidário!

Posso fazê-lo todos os anos?
Sempre! E os utentes do CJSJ agradecem muito!


Bem-hajam!

Comunicado: COVID-19

No âmbito das medidas preventivas e de contingência à propagação do COVID-19, apelamos à sua melhor compreensão.

Para qualquer informação/ esclarecimento adicional, contacte-nos pelas vias alternativas:
 253 416 316

Casa de Acolhimento Centro Juvenil de S. José
📱 963 039 006
💻 lij201@cjsj.pt

CAFAP Centro Juvenil de S. José
📱 925 534 633
💻 cafap@cjsj.pt

Siga as orientações da Direção Geral de Saúde
👉 https://www.dgs.pt/

Proteja-se a Si e aos Outros.

Comunicado COVID-19

Associação de Defesa dos Direitos Humanos de Guimarães e o Centro Juvenil de S. José formalizam Protocolo de Cooperação

A ADDHG Associação de Defesa dos Direitos Humanos de Guimarães e o Centro Juvenil de S. José, no passado dia 29 de Janeiro de 2020 formalizaram um Protocolo de Cooperação.

Esta parceria tem como objetivo a cooperação mútua em programas, atividades e ações a desenvolver e levando sempre em consideração aquilo que move cada uma das entidades, ou seja, assegurar a promoção e defesa dos direitos humanos, o dever moral de justiça e solidariedade.

Neste sentido, a ADDHG e o Centro Juvenil de São José comprometem-se a promover atividades e ações de formação e informação para sensibilizar os seus utentes e o público em geral para temáticas como o exercício de uma parentalidade positiva e responsável, igualdade de género e de prevenção do flagelo que é da violência doméstica.

Centro Juvenil de S. José inaugura novas instalações do CAFAP

Se é verdade que o Centro Juvenil de S. José tem mais de um século dedicado à proteção e formação da infância e juventude, por outro lado, ao longo dos últimos anos foram sendo identificadas necessidades de intervenção específicas, junto das famílias dos jovens acolhidos, que iam para além do trabalho desenvolvido pela Casa de Acolhimento. Precisávamos de acrescentar valor positivo, inovação, e olhar para e pelo futuro das crianças e jovens, e por consequência, do Centro Juvenil de S. José.

Em dia de festa para o Centro Juvenil São José, foram inauguradas as novas instalações do CAFAP Centro Juvenil de S. José, na presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, com a benção do Sr. Pe. Samuel.

Correspondendo aos desafios e necessidades que a Câmara Municipal de Guimarães elenca, no Plano de Desenvolvimento Social para o Concelho de Guimarães, em 2016 iniciávamos o processo de candidatura à criação de uma nova valência: o Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP). Em outubro de 2018, passados 2 anos de muito trabalho, celebramos o acordo de cooperação com o Instituto de Segurança Social, e no dia 3 de Dezembro abríamos as portas à comunidade.

Esta valência presta um serviço de apoio especializado às famílias com crianças e jovens, vocacionado para a prevenção e reparação de situações de risco psicossocial, mediante o desenvolvimento de competências parentais, pessoais e sociais das famílias. Com capacidade para acompanhar 80 famílias, desenvolve a sua intervenção nas três modalidades previstas para esta valência: a preservação familiar, a reunificação familiar e o ponto de encontro familiar.

Para além das várias Parcerias que temos celebrado com entidades públicas e privadas, é compromisso da Nossa Casa, continuar a corresponder às necessidades já identificadas pela Rede Social concelhia e da comunidade Vimaranense, para melhoria da qualidade de vida de todos. Está traçado aquilo que nos propomos implantar no futuro e estaremos abertos a qualquer sugestão para engrandecer esta Instituição.

Um agradecimento muito especial aos nossos Mecenas, Banco BPI e Fundação La Caixa, bem como, a Fundação Cepsa, que em muito ajudaram a concretizar a remodelação das novas instalações.

Depois do momento inaugural,seguiu-se a habitual celebração da Eucaristia natalícia, terminando este dia de Festa com a nossa Ceia de Natal.

São tantos os bons momentos passados ao longo deste primeiro ano de trabalho, que só nos resta agradecer a todos os quantos traçaram este caminho connosco na certeza de que o nosso propósito continuará a ser impulsionador de mudança!

Centro Juvenil de S. José vencedor do Prémio Valor Social 2019 – Fundación CEPSA

“Family First – Comfy Home” é o nome de um projeto que está a ser desenvolvido pelo Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental [CAFAP] do Centro Juvenil de S. José.

O projeto apresentado foi um dos 4 vencedores, numa poule de 67 candidaturas à 15ª edição dos Prémios ao Valor Social, concurso internacional promovido pela Fundación Cepsa, que pretende reconhecer e premiar projetos sociais que tenham como propósito melhorar a qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No essencial, o projeto visa dotar as futuras instalações do CAFAP com mobiliário, materiais e equipamentos necessários ao funcionamento pleno da nova valência do Centro Juvenil de S. José, que se encontra em funcionamento desde Dezembro de 2018.

Para além da melhoria ao nível do conforto interior das novas instalações do CAFAP, o presente projeto tem igualmente como objetivos, melhorar a qualidade das relações familiares, atenuando os fatores de risco e perigo, desenvolver competências parentais e familiares, e favorecer a reintegração da criança ou do jovem em meio familiar.

As cerca de 70 candidaturas submetidas foram avaliadas de acordo com critérios como relevância, viabilidade técnica e inovação, tendo sido premiadas 4 Instituições portuguesas de cariz social, com o apadrinhamento solidário de um profissional no ativo, atribuído pelo Grupo Cepsa.

Durante a execução do projeto prevê-se que sejam alcançados mais de 600 beneficiários, desde agregados familiares, colaboradores, técnicos e demais pessoas que serão envolvidas no âmbito das iniciativas previstas.

De um modo participativo, o CAFAP privilegia uma atuação junto do meio natural de vida das famílias, ajustando-se às suas especificidades e necessidades, privilegiando um papel ativo e dinâmico da família numa perspetiva de compromisso e de colaboração mútua.

O Centro Juvenil de S. José marcará presença na cerimónia de entrega dos galardões, prevista para o primeiro trimestre de 2020.

contador de acessos

CAFAP do Centro Juvenil de S. José celebra primeiro aniversário

Dia 03 de dezembro é uma data marcante para o Centro Juvenil São José, que celebra um ano sobre a abertura de portas da sua nova resposta social, CAFAP – Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental. Esta nova resposta tem uma abrangência concelhia e encontra-se protocolada no âmbito das três modalidades de intervenção previstas: Preservação Familiar, Reunificação Familiar e Ponto de Encontro Familiar.
Ao longo de todo este ano foram várias as famílias que se cruzaram connosco nesta jornada de partilha de emoções e experiências, às quais gostaríamos, desde já, de agradecer todo o empenho e dedicação demonstrados.
Agradecer ainda a todos os profissionais que fizeram connosco este percurso memorável de um ano de CAFAP Centro Juvenil de S. José.

A todos, um grande bem-haja!

Concurso de Recrutamento e Seleção

 O Centro Juvenil de São José (Guimarães) encontra-se em processo de recrutamento de pessoal, para a resposta social de Lar de Infância e Juventude (/Casa de Acolhimento Residencial)

 

Caracterização dos postos de trabalho:

 

Ref. AA – Ajudante de Ação Direta (M/F):

– 12º ano de escolaridade ou licenciatura na área das ciências sociais e humanas (fator eliminatório);

– Idade mínima de 30 anos (preferencial);

– Residência no concelho de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 2 anos, no trabalho com jovens em situação de risco: Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Flexibilidade horária: turnos rotativos, incluindo noites, fins-de-semana e feriados (fator eliminatório);

– Disponibilidade imediata (fator eliminatório);

– Carta de condução e viatura própria (fator eliminatório);

– Averbamento à carta de condução para Transporte Coletivo de Crianças – código nacional 997 (fator preferencial);

– Capacidade para trabalhar em Equipa Multidisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita.

 

Ref. PSI – Psicólogo (M/F)

– Licenciatura/ Mestrado em Psicologia (fator eliminatório);

– Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 2 anos, no trabalho com jovens em situação de risco – Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Conhecimentos sólidos sobre Processos-Chave dos Manuais de Qualidade da Segurança Social;

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Multidisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Carta de condução e viatura própria (fator eliminatório);

– Flexibilidade horária e disponibilidade imediata (fator eliminatório).

 

Ref. SS – Técnico Superior de Serviço Social (M/F):

– Licenciatura/ Mestrado em Serviço Social (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 2 anos, no trabalho com jovens em situação de risco – Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Conhecimentos sólidos sobre Processos-Chave dos Manuais de Qualidade da Segurança Social;

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Multidisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Carta de condução e viatura própria (fator eliminatório);

– Flexibilidade horária e disponibilidade imediata (fator eliminatório).

 

Ref. ES – Técnico Superior de Educação Social (M/F)

– Licenciatura/ Mestrado em Educação Social (fator eliminatório);

– Idade mínima de 28 anos (preferencial);

– Residência na zona de Guimarães (preferencial);

– Experiência mínima de 2 anos, no trabalho com jovens em situação de risco – Casas de Acolhimento, Comunidades Terapêuticas e/ou Centros Educativos (fator eliminatório);

– Conhecimentos sólidos sobre Processos-Chave dos Manuais de Qualidade da Segurança Social;

– Experiência em Gestão de Processos Individuais;

– Conhecimentos sólidos da legislação em vigor;

– Capacidade para trabalhar em Equipa Multidisciplinar;

– Capacidade de organização;

– Sentido de responsabilidade;

– Dinamismo, criatividade e pró-atividade;

– Boa capacidade de comunicação, interpretação e escrita;

– Carta de condução e viatura própria (fator eliminatório);

– Flexibilidade horária e disponibilidade imediata (fator eliminatório).

 

Oferece-se:

– Contrato de Trabalho a Termo Resolutivo Certo;

– Remuneração de acordo com a Tabela Salarial da CNIS;

– Benefícios Sociais;

– Todos os direitos inerentes ao tempo de serviço prestado.

 

Processo de recrutamento e seleção:

1º) Análise curricular

2º) Entrevista presencial

 

Observações:

Os interessados deverão remeter candidatura anexando CV e certificados de habilitações, até ao próximo dia 5 de Dezembro de 2019, via e-mail para recrutamento.cjsj@gmail.com, com a indicação expressa no assunto de e-mail da referência a que concorre (ex.: Ref. AA; Ref. PSI; Ref. SS; Ref. ES), não sendo consideradas as candidaturas sem esta indicação.

Centro Juvenil de S. José organiza Seminário “Família em Foco”

O Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP) do Centro Juvenil de S. José está a organizar o I Seminário intitulado “Família em Foco”. O evento irá decorrer nos próximos dias 28 e 29 de Novembro de 2019, no pequeno auditório do Centro Cultural Vila Flor.

Este seminário visa a apresentação e discussão da intervenção dos CAFAP junto das famílias (multi)desafiadas com crianças e jovens em risco psicossocial, pretendendo ser um espaço de reflexão, atualização e partilha de boas práticas entre os profissionais e instituições desta área. Este evento contará com a presença de várias instituições dedicadas à intervenção familiar e comunitária, bem como oradores ligados à investigação neste domínio.

 

As inscrições são obrigatórias, limitadas aos lugares existentes e sujeitas a confirmação.

Link para Inscrições: https://forms.gle/qkNuK8kq96x8EFFg6

Acompanhe o evento nas Redes Sociais, através do link: https://www.facebook.com/events/510973973005285/permalink/511109622991720

Cartaz Seminário
Programa Seminário Interior

 

contador gratuito