[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]O Centro Juvenil de São José e o Instituto de Segurança Social celebraram no passado dia 31 de Outubro, acordos de cooperação para a resposta social de Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP).

Esta nova valência dará resposta a 80 famílias com crianças e jovens em risco psicossocial do concelho de Guimarães, com o objetivo de melhorar a qualidade das relações familiares, atenuando os fatores de risco e perigo, através da promoção de uma parentalidade positiva.

O CAFAP conduz uma intervenção psicossocial de primeira linha que se distingue, pela sua especialização e abordagem centrada na família, da intervenção conduzida por outras estruturas de apoio social no âmbito da infância e juventude.

A intervenção do CAFAP do Centro Juvenil de São José será feita nas três modalidades previstas para esta resposta social: Preservação familiar, Reunificação familiar e Ponto de encontro familiar.

Esta nova valência do Centro Juvenil de São José é o culminar de muito esforço, empenho e dedicação e vem dar resposta a uma das prioridades enunciadas pela Rede Social do Município de Guimarães, a de prestar um serviço de apoio especializado às famílias com crianças e jovens vocacionado para a prevenção e reparação de situações de risco psicossocial mediante o desenvolvimento de competências parentais pessoais e sociais das famílias, que desenvolva ações regulares e sustentadas, que promovam a parentalidade positiva e apoiem os desempenhos das famílias.

O Centro Juvenil de São José é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que desenvolve a sua actividade na área social comunitária com o objectivo primordial de dar resposta às necessidades da população do concelho de Guimarães. Originária das antigas Oficinas de S. José, fundadas no vetusto Convento das Capuchinhas, desde 1915 que se dedica ao acolhimento e inserção social de crianças e jovens sem o apoio familiar essencial ou em risco de exclusão social, com a missão de intervir para reintegrar, centrando-se nas necessidades da criança/jovem, principal razão de existência desta Instituição.

No conjunto das suas valências, é atualmente detentor de três respostas sociais: uma Creche (Pólo de Felgueiras), uma Casa de Acolhimento e um Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental. Paralelamente, desenvolve igualmente duas atividades económicas, de modo a devolver algum equilíbrio/ sustentabilidade financeira à IPSS: uma Tipografia e um Hostel (Alojamento Local).[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_gallery type=”image_grid” interval=”0″ images=”1474,1475″ onclick=”link_image” custom_links_target=”_blank” img_size=”medium”][/vc_column][/vc_row]